Entra 21

O setor de Tecnologia da Informação está entre os que mais empregam em Blumenau.


O volume de empregos nas empresas do setor tem crescido ano a ano, sendo que as maiores projetam a necessidade de grandes volumes de contratação de mão de obra especializada nos próximos meses. Cerca de 60% destes empregos estão na área de desenvolvimento e programação, que oferecem bons salários.


Jovens com idade entre 16 e 29 anos interessados em ingressar neste mercado podem participar dos cursos totalmente gratuitos oferecidos pelo programa Entra21-Blusoft, que forma em torno de 300 novos profissionais a cada ano. Os interessados devem estar cursando ou concluído o ensino médio, e devem ser residentes em Blumenau ou cidades vizinhas.


O programa atende também pessoas com deficiência. As aulas podem ser feitas no período matutino, vespertino ou noturno. Os cursos em linguagem de programação tem carga horária de 400 horas e duração de 5 meses. As demais capacitações contam com 200 horas em média em 3 meses. Os jovens formados pelo Entra21-Blusoft alcançam altos índices de empregabilidade entre as empresas de TIC da região. Desde 2006, o programa já beneficiou e encaminhou milhares de jovens para empregos de qualidade.


O Entra21-Blusoft é financiado pelo governo do estado através da FAPESC, pela Prefeitura de Blumenau e pelas empresas de Blumenau e região. O programa nasceu da necessidade de formação e reposição de mão-de-obra para o setor de informática do Vale do Itajaí, representado pelo Blusoft - Polo de Tecnologia da Informação e Comunicação da Região de Blumenau.

Programa Entra21-Blusoft - Um projeto social de sucesso


Milhares de jovens beneficiados e encaminhados à empregos de qualidade. Beneficia prioritariamente jovens de baixa renda e com deficiência de Blumenau e cidades vizinhas.


Até 400 horas de treinamento gratuito em TIC com transporte pago. Altos índices de empregabilidade de jovens egressos. Jovens sendo direcionados a empregos de qualidade, com bons salários de imediato e carreira promissora em um setor que cresce mais de 20% ao ano.


Parceria de sucesso entre Blusoft e iniciativa privada com financiamento do Governo do Estado de Santa Catarina através da FAPESC, Prefeitura de Blumenau e empresários de TI (nos primeiros 2 anos o projeto contou ainda com recursos da International Youth Fundation, BIDFomin, USAID, Gap Inc).


Treinamento executado conforme demanda com colocação imediata, unindo a carência de M.O. especializada da região de Blumenau com a disponibilidade de M.O. de jovens sem qualificação. Ampla divulgação na região com repercussão na mídia nacional e internacional.


Projeto indicado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) como modelo e visitado por coordenadores de outros países.

Dados do setor de TI em Blumenau


• Maior arrecadador de ISS da cidade

• Blumenau tem mais de 500 empresas de TI atuando no desenvolvimento de software

• Mais de 7000 empregos diretos (cerca de 60% destes empregos estão na área de desenvolvimento e programação, que oferecem os salários mais altos)

• Crescimento anual das empresas de 25% em média

Fatos motivadores

• Blumenau definiu no seu PEDEM - Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico Municipal de Blumenau como 'Visão de Futuro 2030': Blumenau ser reconhecida internacionalmente por dispor de soluções inovadoras e competitivas em TIC para diversos setores por meio da atuação colaborativa de empresas de atividades distintas e instituições de ensino e pesquisa

• O setor está carente de mão de obra especializada

• Centenas vagas são abertas anualmente, mas o jovem, principalmente o de baixa renda não tem acesso a estas vagas por não poder financiar cursos de formação

• O jovem com deficiência não tem qualificação para ocupar empregos de qualidade e as vagas oferecidas pelas empresas que precisam cumprir cotas impostas pela lei não os motivam a ingressar no mercado de trabalho

• Custo do profissional de TI inflacionado e acirramento da relação entre as empresas da cidade pela disputa de profissionais e busca de profissionais de outras cidades

• O não aproveitamento da M.O. local disponível por falta de qualificação, aumenta o abismo social e colabora para o crescimento das mazelas das grandes cidades

• Universidades não conseguem atender a demanda em quantidade e formação técnica especifica

Beneficiários (público alvo)

Jovens que estejam frequentando ou tenham concluído o ensino médio, residentes em Blumenau ou cidades vizinhas. O programa também reserva vagas para pessoas com deficiência

Vantagens do Entra21

• Projeto financiado por entidades que emprestam credibilidade mas exigem competência e transparência financeira

• Coloca Santa Catarina em destaque e firma a região como polo produtor de software (indústria limpa)

• Oportuniza ao jovem a inserção em um mercado de trabalho aquecido e carente de M.O. especializada

• Cria uma 'ponte' unindo a demanda por mão de obra qualificada com os jovens sem oportunidade de ingressar no mercado de trabalho em empregos de qualidade